As 10 capacidades Físicas trabalhadas no CrossFit

Difícil resistir! O radar liga logo que a promessa de emagrecimento pinta por aí: Seja na capa da revista, no depoimento do colega ou na reportagem de TV. Acontece mesmo! Mas quando você decide praticar o CrossFit é possível que você não tenha ideia da variedade de benefícios que também vêm no pacote. Tudo bem! A gente tem e vai enumerar. Como costumamos dizer, o CrossFit é uma das poucas modalidades (se não a única) que trabalha o corpo de forma completa e equilibrada. Ou seja, todas as capacidades físicas são exploradas. Todas mesmo! Para entendermos os poderes e as características, tim-tim por tim-tim, vamos listar cada uma delas, começando por:

1 – Resistência cardiorespiratória

12

Recuperação rápida entre as atividades e melhora da capacidade de manter o estímulo (exercício) durante um longo período. Essas são as principais melhorias quando trabalhamos e desenvolvemos essa capacidade de forma adequada. Resultado? Sabe aquelas atividades comuns? Como uma peladinha com os amigos? Elevador estragado e dezenas de lances de escada à frente? Ou uma corrida de fim de semana? Pois é: Tudo fica muito mais fácil e prazeroso. Pode apostar!

2 – Equilíbrio

Equilíbrio é fundamental! A diminuição dessa faculdade motiva boa parte das visitas aos geriatras. Quando o corpo se encontra estável, ou seja, desprovido de oscilação ou desvio, o equilíbrio é exigido. A capacidade também é necessária nos movimentos! No CrossFit não trabalhamos fôlego e músculos apenas. Precisão e equilíbrio também são estimulados. Autocontrole, estabilidade e harmonia são amplamente exercitados. De quebra temos o fortalecimento do equilíbrio.  Uma capacidade importantíssima para o conhecimento corporal e que nos leva ao alcance dos nossos objetivos.

3 – Velocidade

“Velocitá, Velocitá”! Seu ‘Nome Não É Johnny’ mas apostamos que você já desejou isso! Com o CrossFit é possível aumentar a rapidez e excelência na execução de um movimento. Imagine percorrer a distância entre o ponto “A” e um ponto “B” no menor tempo possível? Papo de automóvel? Não! Treinamento? Sim! A performance física é melhorada no CrossFit. Tarefas são executadas com menos esforço e mais velocidade. Não quer virar The Flash? Ok! O esporte também ajuda quem se satisfaz apenas com a qualidade e a facilidade na execução de movimentos do dia a dia. No CrossFit, trabalhamos os movimentos funcionais de forma constantemente diversificada e em alta intensidade. Intensidade colocada à prova na movimentação de cargas altas, por longas distâncias, repetidas vezes e de forma veloz, potente e explosiva.

4 – Resistência Muscular

A resistência muscular é definida pela capacidade de um grupo de músculos realizar contrações repetidas ou constantes por um longo período. Ou seja, é a habilidade de aguentar cargas pesadas por mais tempo e com maior facilidade. O dinamismo do CrossFit garante uma evolução equilibrada neste aspecto. Nenhum grupo fica de fora. O trabalho constante de praticamente todos os músculos do corpo proporciona aos praticantes aptidão geral em diversas atividades. De quebra o atleta conquista um desempenho melhor em atividades comuns como: empurrar um carro, carregar um móvel por longas distâncias ou levar os filhos no colo para escola.

5 – Precisão

É através de nossa capacidade física que conseguimos executar as ações motoras diárias. Das mais simples – como andar ou pular – às mais complexas – como um Overhead Squat. Independentemente da característica do movimento o resultado sempre dependerá da precisão. À medida em que há uma melhora dessa capacidade percebemos o aumento da velocidade e da coordenação dos movimentos. Isso diminui o desgaste  para se executar determinada ação.

6 – Flexibilidade

Qual a importância da flexibilidade em uma vida saudável?
Uma pessoa flexível realiza movimentos amplos de maneira segura e eficiente. Isso tem implicação direta no desempenho das outras capacidades físicas e proporciona mais realizações com menos esforço. Atividades como se esticar para alcançar um objeto, coçar as costas ou amarrar os sapatos requerem um mínimo de flexibilidade. Se esse ‘estica e puxa’ não estiver adequado (com o sedentarismo e o avançar da idade) ele implicará em limitações. E quem paga o pato? A sua qualidade de vida.

7 – Potência

É bastante comum ouvirmos falar de potência em diversos momentos. Podemos provar que a capacidade é estimulada com o CrossFit. Sabe aquele momento em que o Coach determina:
–  ‘Movimento único e explosivo?
Pois é! É quando exigimos o envolvimento dos componentes FORÇA e VELOCIDADE. Quanto mais rápida e energética for sua execução, mais POTENTE ela será. Ter músculos potentes faz toda a diferença em qualquer tipo de esporte e na vida. Por que não? Desenvolva suas capacidades de forma harmoniosa e equilibrada. Já está convencido?  Então, conheça ARES CrossFit. Quer mais? Temos também:

8 – Força

Uma grande parte dos seres humanos (podemos ousar dizer ‘a maioria’?) deseja ter mais eficiência nas ações. A mágica que torna isso possível é a força. Mas isso só acontece através do desenvolvimento e treinamento das capacidades físicas em conjunto. Falando em força, (habilidade que permite superar a resistência externa às custas de esforços musculares) é imensurável a quantidade de benefícios que esta habilidade pode trazer. Sem contar o prestigio de ser considerado (a) forte (mesmo sendo pequenininha ou mais magro). Ajudar o vizinho a carregar o sofá na mudança, levantar um armário pesado, carregar – de uma vez – todas as sacolas de compras de supermercado… Tudo fica mais fácil e menos cansativo!

9 – Agilidade

Você chegou até aqui e percebeu que todas as capacidades físicas podem ser “treináveis”, ou seja, podem sofrer adaptações. O aperfeiçoamento delas, por sua vez, exige treinamento e atividades constantes. No CrossfFit elas não são trabalhadas de forma isolada, a agilidade (capacidade de alterar a posição do corpo de forma eficiente), por exemplo, tem relação direta com a velocidade, potência, equilíbrio e outras. Mais uma vez fica flagrante a importância de um desenvolvimento completo, eficiente e harmonioso da máquina humana.

10 – Coordenação

Chegamos à capacidade física coordenação. Sempre que um movimento é solicitado, um grupo muscular específico reage determinando  uma certa velocidade e intensidade para completar a ação. A capacidade muscular de sincronizar essa situação foi batizada de coordenação. Sem essa faculdade motora a noção espacial e a precisão dos movimentos ficam prejudicadas. Para melhorar o rendimento, seja num esporte ou no dia a dia, é importante o trabalho completo das capacidades corporais.

Evolua, melhore, saia da zona de conforto!
Atinja seus objetivos na ARES CROSSFIT! Agende uma AULA EXPERIMENTAL AGORA! (AQUI).

Raquel Capanema
Jornalista, apresentadora de TV e Crossfitter de paixão.
Comente pelo Facebook
Compartilhar